YOGA E MEDITAÇÃO EM CAMPINAS

25 de ago de 2014

108: O número sagrado


Por Ivan Zacharauskas
 
108 é tido como um número sagrado no hinduísmo. Ele está presente em diversos elementos da tradição hindu. 108 é o número de contas de um Japamala, colar tradicionalmente usado para a repetição de mantras. Há 108 lugares sagrados pela Índia,  108 Upanishads ,108 pontos marma, ou áreas sagradas do corpo, além de diversos outros exemplos... Mas por que 108? Nesse artigo, trazemos uma das explicações para isso, baseada na Astronomia Védica.

No próximo dia 23 de Setembro teremos a chegada do Primavera, com seu Equinócio Austral (Hemisfério Sul) marcando o meio da passagem dos dias mais curtos do Inverno para os dias mais longos do Verão. O Equinócio marca o ponto em que o caminho do Sol, a Eclíptica, encontra-se com a linha do Equador. Nesta data o período diurno terá a mesma duração que o noturno. (fonte: USP/IAG)

Nos textos sagrados hindus, como o Rig Veda, estas mudanças de estação mapeadas pela Astronomia Védica (Jyotisha Vedanga), eram e ainda são celebradas com rituais de passagem, por estarem intimamente ligadas com a agricultura e outros aspectos do cotidiano.

Uma das formas de levar os conhecimentos de astronomia ao cotidiano foi associar os astros e seus movimentos a divindades e histórias, celebradas nos textos sagrados. Como exemplos, temos o Sol, ou Surya, associado a Vishnu e a Purusha; os planetas Mercúrio e Vênus associados aos gêmeos Ashvins; e a Lua a Prakriti.

A Lua, astro mais próximo da Terra, percorre seu zodíaco lunar, ou caminho celeste, num período de aproximadamente 27 dias. Para acompanhar seu movimento, os astrônomos védicos dividiram o zodíaco lunar em 27 regiões (nakshatras), subdivididas em 4 divisões (padas), totalizando 108 pontos de referência no céu védico. Este mesmo número é utilizado para alinhar o calendário lunar ao solar, ou o encontro de Purusha e Prakriti, sendo, portanto, um número sagrado hindu, assim como em outras culturas ao redor do globo.

O Dia é representado por 54 divindades ou Devas, e a noite por 54 demônios ou Asuras. As divindades hindus possuem 108 nomes. Krishna é rodeado por 108 serventes, as Gopis. Na Ayurveda, temos 108 pontos de energia, marmas, ao longo do corpo. São 108 as linhas de energia que emanam do coração (hrudaya chakra). No Sri Yantra, uma mandala sagrada, há 54 pontos de intersecção representando os marmas, cada um contendo a energia de Shiva e Shakti, ou masculina e feminina, totalizando 108. O Japa Mala, colar para meditação, possui 108 contas. E são muitos outros es exemplos que podemos encontrar...

A prática de 108 Suryas, ou 108 Saudações ao Sol, realizada neste período de passagem, tem como objetivo celebrar a natureza, a união de Sol e Lua, Purusha e Prakriti, Shiva e Shakti, masculino e feminino, e nossa própria união com o divino que existe em nós e que reconhecemos em todos os demais. Celebrar o YOGA!

Seja bem vindo! Namaste.