YOGA E MEDITAÇÃO EM CAMPINAS

1 de mar de 2011

O yoga e suas diferentes linhas

O que é Hatha yoga? E Raja yoga? Iyengar Yoga, Ashtanga Vinyasa yoga, Yoga clássico, Kundalini Yoga, Swasthya Yoga, Power Yoga? O que são todas essas yogas e qual a diferença entre elas? Por que há tantas linhas diferentes dentro do yoga? Qual será que é a melhor para mim??? Sim, você está perdido.... Buscou informações na web, nos prospectos das escolas e não sabe bem por onde começar. Não se preocupe, essas são perguntas que qualquer um que pense em iniciar uma prática de yoga se depara.

O objetivo dessa artigo é o de apresentar em linhas gerais alguns dos tipos e modalidades de prática de yoga, fornecendo informações e recomendações úteis para ajudar-lhe em sua escolha.
O que você busca com a sua prática? Respirar melhor, ter mais força e flexibilidade, melhorar sua postura? Ter mais vitalidade, mais energia, acalmar-se, diminuir a ansiedade? Quer emagrecer, melhorar sua consciência corporal, aliviar o stress? Pra tudo isso o yoga pode ajudar, mas seu objetivo maior é trazer algo que todos nós estamos em busca: a felicidade.

O que o yoga se propõe é nos conduzir ao mais profundo de nós mesmos, a um estado de equanimidade, paz e felicidade, que não está nas coisas externas, mas que já habita dentro de cada um de nós.

Independente do nome que levem, todas as práticas de yoga tem esse mesmo objetivo final. Mas então qual a diferença entre elas? A diferença está no caminho que se toma para se chegar a esse objetivo.

O Hatha yoga é aquele que usa o corpo como instrumento para a auto-realização. É uma prática psicofísica, que vê o corpo e mente de forma integrada. A mente interfere no corpo e da mesma forma, o corpo interfere na mente. Então, trabalhando o corpo, através de posturas e da respiração, vamos influenciando nossos estados mentais e emocionais.

A maior parte das aulas oferecidas em escolas, academias e institutos de yoga no Ocidente são aulas de hatha yoga. Iyengar Yoga, Ashtanga Vinyasa yoga, Yoga clássico, Kundalini Yoga, Swasthya Yoga, Yoga Integrativa, Power Yoga e muitas outras modalidades são práticas de hatha yoga. O que as diferencia basicamente são as técnicas utilizadas no trabalho com o corpo. Não é nossa intenção apresentá-las aqui em detalhes, mas apenas descrever brevemente a característica-chave de alguma delas.

O Iyengar Yoga, por exemplo, é uma prática de hatha yoga que recebeu esse nome por causa do mestre indiano, B.K.S. Iyengar, que desenvolveu o método. O Iyengar Yoga prioriza alinhamento e precisão e faz uso de acessórios como blocos, cintas, almofadões para auxiliar a execução de determinadas posturas. O Ashtanga Vinyasa Yoga é um estilo bem vigoroso e fluido, que desenvolve flexibilidade, força, capacidade aeróbica e concentração, procurando trazer ao praticante a experiência da meditação em movimento.A respiração é o coração dessa prática. Já o Yoga Clássico ou Hatha Yoga Tradicional, se comparada ao Iyengar Yoga ou Ashtanga Vinyasa é uma prática mais suave, que foca na consciência corporal e no relaxamento.

Muitas vezes, os espaços de yoga simplesmente nomeiam suas aulas de hatha yoga, sem especificar uma linha específica. Nesse caso, você pode procurar saber que linha é adotada ali. No Padma Bhavam por exemplo, nossas aulas de hatha yoga trazem influência do método Iyengar e do ensinamentos do mestre indiano Krishnamacharya, a partir do forte enfoque dado a respiração coordenada com os movimentos. Há escolas de hatha yoga que seguem linhas de outros importantes mestres indianos como Swami Sivananda, Swami Satchidananda , Swami Kuvalayanada, entre outros.

E o Raja Yoga? O Raja Yoga, ao contrário do Hatha Yoga, não tem o corpo como foco, mas a mente. Um não se coloca em oposição as ideias do outro. No Raja Yoga trabalha-se diretamente com a mente, por meio de técnicas de concentração e meditação. Já o Hatha Yoga traz para o foco de suas práticas o corpo, que é usado como ponto de partida para a investigação das realidades mais sutis.

A web traz diversas referências sobre o assunto e você pode assim descobrir um pouco sobre o enfoque de cada prática. Se você busca uma prática mais suave, que lhe traga consciência corporal e relaxamento, o yoga clássico pode ser bem apropriado. Alguém que quer melhorar a postura, pode se beneficiar bastante de uma prática de Iyengar. Já quem quer um trabalho mais intenso com o corpo, com forte ênfase na respiração, pode gostar bastante de uma aula de Ashtanga Vinyasa. Pode ser que você queira realizar um trabalho mais voltado para a mente e esteja interessado em práticas de meditação. O Raja Yoga pode ser uma possibilidade. Entretanto, se você respira com dificuldade e não consegue permanecer sentado e imóvel por menos de 5 minutos sem que algo no corpo comece a incomodar , talvez começar com o Hatha Yoga seja mais apropriado.

Com base nessas diferenças, você pode direcionar melhor suas escolhas. De qualquer modo, só entenderá mesmo como é prática, praticando e aí, nada melhor do que experimentar.Não existe uma prática melhor que a outra, mas aquela que é melhor pra você. E isso vai depender de suas características pessoais, de suas expectativas e de seu momento de vida.

Independente do caminho que você escolher, o importante é encontrar uma prática que goste, que lhe estimule a seguir praticando e assim, possa vivenciar a felicidade que já existe dentro de você.


Algumas Referências:

Asthanga Vinyasa Yoga
http://www.ashtangayogacampinas.blogspot.com.br/
http://kpjayi.org/
http://www.ashtanga.info/

Iyengar Yoga:
http://www.iyengar.com.br/
http://www.bksiyengar.com/

Krishnamacharya
http://www.kym.org/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sri_Tirumalai_Krishnamacharya

Kuvalayananda
http://pt.wikipedia.org/wiki/Swami_Kuvalayananda

Sivananda
http://www.yogasivananda.com.br/index.htm

Raja Yoga
http://www.bkwsu.org/brazil/what-we-do-pt/meditation-pt