YOGA E MEDITAÇÃO EM CAMPINAS

24 de ago de 2016

Yoga Nidra, o relaxamento consciente

Por Vanessa Malagó
Você chega cansado em casa e resolve ver um pouco de televisão ou ler um livro para relaxar. Ou vai direto para a cama, acreditando que dessa forma poderá relaxar. Mas se durante o sono sua mente está envolvida por pensamentos e preocupações, você não estará realmente relaxando. Quanto a leitura ou a televisão, essas podem ser boas opções de entretenimento, mas não propriamente relaxamento. De acordo com Swami Satyananda Saraswati, o verdadeiro relaxamento é bem diferente disso e envolve estar consciente.

O Yoga Nidra é um método para induzir um relaxamento físico, mental e emocional, em que se aprende a relaxar de forma consciente. Durante a prática de yoga nidra, o praticante parece estar adormecido, mas sua percepção está funcionando em uma camada mais profunda da consciência.

No yoga o caminho para a meditação se inicia com práticas de pratyahara. Pratyahara é uma palavra sânscrita, derivada de prati e ahara. Ahara significa alimento e Prati é uma preposição que significa contra ou longe de.  Pratyahara pode ser traduzido como  afastar-se daquilo que nutre os sentidos. Não é o desligamento dos sentidos aos estímulos do mundo exterior, mas ao contrário um estado de grande receptividade dos sentidos. Pratyahara envolve a reeducação dos sentidos e trata-se de um processo de interiorização, de retirada da mente para dentro de si mesma. O Yoga Nidra é uma técnica de pratyahara que pode nos conduzir ao estado meditativo.

A  prática de Yoga Nidra produz um relaxamento profundo. Nesse estado nossa receptividade aumenta. Nas palavras de Satyananda quando você retira um pouco sua mente do jogo, e entra em um estado em que não está nem em sono profundo nem completamente acordado, qualquer impressão que entre em sua mente naquele momento permanece ali.”

A mente consciente tem o intelecto e a lógica em ação. O intelecto está a todo momento analisando as coisas. Algumas ele aceita, outras rejeita. A consciência mais profunda não. As impressões que você planta na mente subconsciente não são rejeitadas, elas crescem e frutificam. Assim, durante a prática de Yoga Nidra é realizada a repetição de um Sankalpa.  O Sankalpa é uma resolução interior. Deve ser uma frase curta que traduza com clareza um objetivo pessoal. Sankalpa é a determinação de tornar-se alguma coisa ou fazer alguma coisa em sua vida. Seu propósito não é a realização de desejos, mas um propósito maior que envolve uma transformação em sua vida não apenas fisicamente, mas mentalmente, emocionalmente e espiritualmente.

O sankalpa é como uma semente que você cria e planta em sua mente. Ele não deve ser feito quando você está intelectualmente ativo, mas com a mente quieta e tranquila. Fazemos um sankalpa ao início e ao término da prática. Como explica Satyananda “A resolução que você faz no começo da prática é como semear o solo, a resolução feita ao final é como irrigá-lo.” Se sua mente está receptiva para receber seu sankalpa, então ele crescerá e se tornará uma diretiva poderosa em sua vida.
Aqui no Padma Bhavam costumamos conduzir práticas de yoga nidra com certa regularidade e você pode conhecer melhor essa técnica praticando conosco. Também temos uma prática guiada, disponibilizada em nosso canal no You tube e no SoundCloud. 

Confira:


Referências:
Saraswati, Swami Satyananda – Yoga Nidra, 3th ed. Yoga Publications Trust, India, 2003